Na corrida pelo maior e melhor aparelho de projecções hologŕaficas e imagens em três dimensões – que muitos acreditam ser a próxima geração de telas, TVs e monitores – fez um grupo de universitários da University of Southern California, Andrew Jones, Ian McDowall, Hideshi Yamada, Mark Bolas e Paul Debevec desenvolver uma tecnologia de hologramas 3D que pode ser vista por todos os lados.

O sistema foi designado como de baixo custo, e é formado por vários micro-espelhos que se movimentam rapidamente, cobertos por um difusor anisotrópico hologŕafico, um controlador de acções, projector de alta velocidade e um PC comum.

A equipa usou uma saída DMI com uma placa única NVIDIA 8800, com um projector usando um decodificador de imagens baseado em FPGA. Os espelhos, instalados a 45 graus, refletem a luz em todos os ângulos possíveis.

O vídeo de demonstração mostra um gráfico simples em um visual puramente 3D. Os espelhos giram de 900 a 1200 RPM, com uma taxa de actualização visual de 12 a 20 Hz (cores a 30-40 Hz), e a resolução é de 768 x 768 pixels. Actualmente, somente as cores acinzentadas são mostradas, ou até duas cores por DVI.

Um aspecto interessante da demonstração é a habilidade de manipular o holograma para vê-lo em diversos ângulos, por um controle de movimento. Vale lembrar que esta é a tecnologia mais realística de hologramas já demonstrado até hoje.

holograma

Anúncios