A IBM e a fabricante de supercomputadores Cray receberam um total de cerca de US$ 500 milhões da agência de pesquisa do Pentágono para desenvolver um projeto de supercomputador. As ações da Cray dispararam 31% após o anúncio.

A Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa (Darpa, na sigla em inglês) –órgão incubador de tecnologia do Pentágono– informou em comunicado em seu site que pagará à IBM US$ 244 milhões e à Cray, US$ 250 milhões.

Os supercomputadores são capazes de analisar grandes quantidades de dados gerados em simulações climáticas, análise de DNA e tarefas de pesquisa avançada. Eles estão em uso principalmente por algumas empresas e governos e agências militares.

As empresas trabalharão no programa Sistemas de Computação de Alta Produtividade (HPCS) no desenvolvimento de designs e de técnicas de supercomputadores de altíssima produtividade, informou a Darpa.

Fonte: Folha OnLine

Anúncios